Luiz Ceara

Arquivo : setembro 2013

O azar de Rogério Ceni.
Comentários 33

Luiz Ceará

Foi uma rodada digna do futebol no que ele tem de mais sensacional. Ninguém sabe o que vai acontecer até o juiz apitar a final. Parece um comentário simplório, mas é a verdade da bola.

O Botafogo tomou um sapeca do Bahia. Estacionou. Parece que perdeu a força.
O Corinthians ficou no zero contra o melhor time do campeonato. Bom pro Timão e ruim para o Cruzeiro. Claro, por que se esperava um baile da Raposa e ele não aconteceu. Faltou o conjunto. Ele não veio pra tocar e o Cruzeiro não funcionou. As modificações do técnico Marcelo Oliveira não deram certo. E quanto ao timão, ta esquisito, muito esquisito. Grande elenco, que parece perdeu seu brilho. Na bola tudo pode mudar amanhã.

E tem o São Paulo. Um time, não sei se pelo calor da tarde goiana mais a secura do ar, não funcionou. Jadson e Ganso foram no primeiro tempo, mas no segundo ficaram no vestiário. E o juizão não deu um penal de Tolói. Braço na bola, claro. O juiz atrás do gol estava dormindo e não avisou o principal. Acontece no país da bola Todo Domingo aliás.
E teve o castigo pra quem estava com tiriça, como o time do São Paulo. Gol no final, de Rodrigo, prata da casa da Macaca, que jogou no São Paulo, mas que pelo tempo do gol,45 do segundo tempo comemorou com gosto. Bola forte, de três dedos pelo lado de fora. Ela bate na trave e nas costas do excelente Rogério Ceni. Essa ele não salvou. Mas jogou muito.

Pra encerrar a Lusa venceu o Inter no interior do Rio Grande do Sul. Nada mais louco pra encerrar a tarde de bola do Brasileirão.


No Flamengo, o ultimo que sair, por favor, apaga a luz.
Comentários 64

Luiz Ceará

O Corinthians nem jogou tudo o que podia. E nem forçou tanto na marcação.A gente diz no esporte que o time jogou fácil.

O adversário era o poderoso Flamengo, a maior torcida do planeta. Um time que já teve suas glórias e que tem uma camisa sagrada como a do timão.
Mas que hoje não é nada. Um time fraco, ruim de bola mesmo. Não jogou nada errando muitos e muitos passes. Não é que o time errava passes por que estava nervoso. Não tem time, não tem elenco.
O Flamengo neste momento de sua vida gloriosa, tem um treinador, um goleiro, Elias no meio campo e André Santos de vez em quando. Acaba aí.

Tomou um sacode do Timão sem reagir, sem conseguir reagir por que não tinha condições, não tinha bola pra enfrentar o Campeão Mundial. Forte, com um elenco de primeira e treinado e preparado pra vencer.

O resto é conversa mole.

O Flamengo, o ultimo que sair pode apagar a luz.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>