Luiz Ceara

Arquivo : março 2012

Desculpe nossa falha!
Comentários 15

Luiz Ceará

Amigos do Blog.

Neste final de semana, de quinta-feira para sexta, fomos, eu e minha família, vítimas de um assalto. Por isso deixei de escrever ontem e hoje. Não tinha cabeça e somente corri atrás do prejuízo. Desculpem a falha de ficar dois dias sem escrever neste espaço.

Agradeço aos amigos que correram comigo.

Volto amanhã sem falta. Me faz muito mal deixar de trabalhar.

Tags : Violência


A Lei Seca tem que ser dura, muito dura.
Comentários 31

Luiz Ceará

Ontem, o STJ – Superior Tribunal de Justiça – decidiu que somente o bafômetro e o exame de sangue podem atestar a embriaguez do motorista e excluiu provas testemunhais ou exame médico. Com isso, a Lei Seca fica esvaziada, uma vez que o motorista não é obrigado a produzir provas contra si e pode recusar os exames aceitos pelo STJ. Assim, a comprovação de embriaguez pode ficar inviabilizada.

Essa notícia pegou o povo brasileiro de surpresa. Quando se acreditava que a Justiça do país estivesse a favor dos que trafegam pelas ruas e estradas sãos, ela nos diz claramente que não. Está, sim, favorecendo o bêbado, o vagabundo que sabe que está bêbado e mesmo assim dirige um carro. Ajudando a se safar gente que sabe que não pode, mas faz mesmo assim. As imagens são assustadoras na TV. Famílias inteiras mortas em desastres por causa do beberrão, sempre com a cara chapada e muitas vezes tão fora de si que sorri diante da desgraça que cometeu. Na maioria das vezes não sabe o que acabou de fazer.

Deputados e Senadores, diante da insanidade do STJ resolveram sair do armário e devem votar proposta que endurece o que já estava feito.

Aprovado no Senado no final do ano passado, o projeto também acaba com a obrigatoriedade do teste do bafômetro para comprovar a embriaguez do motorista. Na prática, o texto institui a política do “álcool zero” para os motoristas brasileiros e aumenta as penas para quem for flagrado dirigindo alcoolizado.

O projeto estabelece que, além do bafômetro, valem como prova de embriaguez do motorista “prova testemunhal, imagens, vídeos ou a produção de quaisquer outras provas em direito admitidas”.

Aí, sim!A hora de acordar para essa desgraceira é agora. Arrumar o que estão desarrumando, cuidar de nós todos.

Isso tem a ver com esporte? E como.

Tags : Lei Seca


Edmundo, “O Animal”.
Comentários 7

Luiz Ceará

A vida é um eterno aprendizado. Quando Osmar Santos veio apresentar o Globo Esporte apelidou todos os repórteres. Kitty Balieiro, queridíssima amiga era a “Garotinha”. Luiz Andreoli o “Peixe”. Roberto Tomé o “Gauchinho”. E eu era o “Trepidante”. Osmar Santos apelidou uma geração inteira de gente ligada ao esporte. Era o jeito dele agradecer o dom que Deus lhe deu. Uma voz imbatíve,l mente brilhante e o coração generoso.

Osmar apelidou um cara mal educado com a maioria dos repórteres, brigão, irascível e craque com letra maiúscula. Edmundo, vida maluca fora de campo, dentro um cão chupando manga.

Virou o “Animal”.

Só tenho más recordações das minhas passagens com ele. Não é hora de falar disso agora. É hora de falar de como a vida muda pessoas e almas. Na África, durante a Copa do Mundo conversei com ele num jantar. E contei como o tratamento que ele me dispensou durante a carreira tinha me magoado. E falei mais. Que ele seria o melhor de todos os comentaristas ex-jogadores. ”Você tem carisma, imagem e sabe falar. Conhece a bola e não é crítico mordaz. Comenta e não afina. Você é o Animal”.

E mais ainda. Conhecendo Edmundo pessoalmente, trabalhando com ele, eu passei a admirá-lo e a respeitá-lo como pessoa. É um grande cara.

Ontem vi sua despedida do mundo da bola. Do Vasco. Ouvi o que ele disse. Emocionei-me com o valor que o torcedor dá a ele. Edmundo é ídolo do Vasco, amado. Edmundo é gente boa.

A vida é um grande aprendizado. Aprendi a gostar muito do Animal. Valeu craque e me desculpe por alguma coisa.

“Enquanto a Câmara dos Deputados aprovava a Lei Geral da Copa, e deixava aos governos estaduais a decisão sobre a venda de cerveja nos estádios, o Superior Tribunal de Justiça livrava de prisão quem recusar o bafômetro, praticamente sepultando a Lei Seca.” (Juca Kfouri)

Tags : Edmundo


O Milan já era.
Comentários 51

Luiz Ceará

Milan e Barcelona fizeram um jogo de muita marcação e poucos lances de gol. As chances, maiores do lado dos italianos foram de Robinho, ridículo e afobado e de Ibra, grande atacante, mas que também estava sem inspiração.

Messi de quem se esperava tudo, fez um bom jogo, mas o tudo não aconteceu por culpa da excelente marcação dos italianos. Marcar Messi é impossível, mas o Milan fez o que pôde. E não deu um pontapé.

Sem brilho, mas fazendo uma bela partida o Milan deu o que tinha pra dar. Acho que já era na Copa dos Campeões. Fez o dever de casa e não perdeu do maior time do planeta, mas sem gols a favor não agüenta o Barcelona no jogo da volta no Camp Nou.

O Bayern de Munique fez 2 a 0 no Olympique e sai para o segundo jogo com grande vantagem.

”Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos e molhados”. (Millôr Fernandes. 1924 – 2012)


O romantismo ainda não acabou.
Comentários 13

Luiz Ceará

Hoje tem jogo pela Copa dos Campeões. Milan e Barcelona. O que dizer da qualidade desses times?

Dizer que sem o dinheiro que eles tem e sempre tiveram e da organização e estrutura que sempre tiveram, não teriam contratado a nata do futebol. Não vou falar aqui os nomes porque vocês sabem quem são. Seriedade, organização, estruturação de um clube e de um campeonato. Mais ou menos lisura, porque lá como aqui existem falcatruas e safados. Senão o presidente do Barça não seria sócio do Ricardo Teixeira. To errado?

Dizer que por aqui nos sobra o Paulistão à noite. Temos nossa nata, de um leite de menor qualidade, mas temos. Nosso Paulistão é interior pegando fogo. Times que se montam para um campeonato e nada mais. Jogam hoje os ricos e os pobres. Não tem importância, porque o que vale é ver o rosto alegre dos torcedores do interior. Mirassol é cidade pequena, mas viveu momento de glória com o jogo entre o time da casa e o São Paulo. Jundiaí vai ver os jogadores do Palmeiras de perto. Os torcedores vão assistir Felipão no banco dando ordens a seus comandados. Uma honra. Os jogadores do Guaratinguetá vão a Santos amanhã. Muitos vão assistir Neymar jogar. Outros vão realizar o sonho de jogar na Vila. Essa é a graça que eu vejo nos Campeonatos Estaduais, acima do ranço de quem acha que não valem nada.

O mundo pode ter mudado, eu posso estar atrasado, mas sou feliz em ver esse lado da bola. O do romantismo puro. Já trabalhei em jogo do Santos e fiquei vendo, desatento da reportagem em si, Ganso desfilar. É assim que eu vejo futebol.


O agente do mal.
Comentários 32

Luiz Ceará

Há um momento para a tristeza e outro para uma ação que vai levar a tal tristeza embora.

Na morte do torcedor do Corinthians Douglas Silva em Agosto de 2011, do bugrino Anderson Ferreira há dez dias e do palmeirense André Alves Lezo neste final de semana há um momento comum. É quando a intolerância vence ao bem. A guerra entre os torcedores não acontece mais somente dentro dos estádios. Lá, o policiamento é ostensivo, coíbe o mal.

Hoje é tudo marcado e remarcado pela Internet. Foi assim que o corintiano, o palmeirense e o bugrino morreram. Briga de rua marcada pela internet.

A polícia tem como saber antes de acontecer. No mundo da internet tem. A hora e o local são marcados com antecedência.

As leis são antigas em se tratando desse tipo de crime. O virtual. É preciso um estudo rápido e medidas eficientes. O estado tem condições? Tem.

Mas tem um detalhe que vai sempre estar à frente de qualquer medida de prevenção e que necessitaria ser analisado. A violência não está nas ruas. Ela vai para as ruas pela cabeça de quem comanda, de quem lidera. O cara do mal. O agente não necessariamente é o chefe da torcida, o presidente da facção. Quem comanda o mal é uma cabeça perversa e preparada para agir com os mais fracos, com a massa que ele vai manobrar. Esse cara tem que ser descoberto. Esse é o agente do mal.

A medida da FPF de pressionar os torcedores a não entrar nos estádios com as camisas das organizadas me faz rir.

O mal está na rua. É preciso encontrar seu agente.O que agita, o que está sempre com novos planos, o líder que insufla. Esse é o covarde que não põe a cara para bater, que não leva a bala na cabeça, não sente o golpe do cano que esfacela o cérebro e que não é encontrado morto no rio Tietê.

É preciso mais inteligência e muita oração, duas armas poderosas contra o mal. A tristeza das famílias precisa acabar.

Tags : Torcidas.


Wesley é do Palmeiras.
Comentários 60

Luiz Ceará

Aqui vai a resposta que os amigos do Blog queriam, os palmeirenses em geral e a galera que trabalha na mediação dos comentários, a grande maioria torcedores do Palmeiras, e que insistem em me mostrar a ira de parte da torcida todos os dias. O assunto é Ponte Preta, São Paulo, Guarani, violência ou Copa do Mundo, mas lá vem o comentário sobre o Wesley.

Eu não me irrito, até porque gosto muito. Quem nasceu honesto, e todos nascem assim, e continua, não tem temor. Tem gente que cresce e vira vagabundo, não é o meu caso. Então vamos aos fatos.

Dia 19/03 eu tinha uma informação de que Wesley não viria mais. O negócio estava mal e não ia sair. Eu apostei aqui no Blog que Wesley não viria, o negócio não saía tamanha a dificuldade. Dia seguinte, 20/03, o presidente do Palmeiras me disse que o negócio poderia dar certo. Era difícil por causa do dinheiro, mas que poderia sair. Eu postei o que ele me falou, que poderia sair. Havia, sim, um investidor. E o Wesley foi contratado.

Foi isso o que aconteceu. Amanhã ele vai ser apresentado na hora do almoço e o Palmeiras vai ter mais um jogador interessante. Não é camarão graúdo, mas vai ser titular. Provavelmente no lugar de João Vitor.

Algo mais?

Tags : Wesley


O São Paulo faz mais gols, então é o líder.
Comentários 25

Luiz Ceará

O Palmeiras sofreu com a derrota em seis minutos. O Corinthians sofreu para segurar o resultado diante de um time valoroso.

O Palmeiras perdeu a invencibilidade. É ruim? Eu acho que não, porque isso neste Campeonato em que oito começarão tudo de novo não quer dizer nada. Melhor, vai tirar um pouco dos ombros dos jogadores o peso de ter obrigatoriamente que vencer e vencer. Buscar a vitória é o ideal, mas pode ser mais natural.

O Corinthians venceu porque foi mais eficiente nas mudanças e determinado como tem sido ao longo deste Paulistão. Eficiente na defesa e buscando seus golzinhos salvadores.

Tem a mesma pontuação do São Paulo, 34 pontos, as mesmas 10 vitórias, 4 empates e 1 derrota. Mas se o campeonato fosse de pontos corridos, essas vitórias magras derrubariam o time. O São Paulo é mais eficiente no ataque, gosta mais de fazer gols, busca mais o gol em seus jogos e seus atacantes estão em melhor fase. Tem um saldo de 16 gols, 5 a mais que o Timão.

Então é o líder.


Tite acertou, Felipão errou. Deu Corinthians.
Comentários 13

Luiz Ceará

Luciano do Valle, simplesmente o melhor, narrou o derby de São Paulo como só ele sabe fazer. Brilhante. Lance a lance.

Um Derby em alta velocidade no primeiro tempo. Um tempo do Palmeiras, meias veloz, mais certeiro, mais entrosado. Tudo estava dando certo. Marcos Assunção ganhou uma narração incrível de Luciano no seu golaço. Chutou de longa distância, a bola desviou e enganou o goleiro Julio Cesar. Indefensável, bola ao estilo de Assunção. Valeu o primeiro tempo.

No segundo Luciano narrou o erro de Felipão. Ele tirou Maikon Leite e acabou com a velocidade sincronizada do Palmeiras. Matou o time. Antes, com duas bolas que passaram por Marcio Araujo o Timão fez os dois gols para ficar à frente no placar do jogo.

O Palmeiras sem Maikon Leite foi presa fácil para o bem arrumado Corinthians de Tite, cara sério, focado e sem invenção num jogo tão importante.

Quando o jogo acabou, o Corinthians estava momentaneamente em primeiro na classificação geral. De quebra, caiu a invencibilidade do Palmeiras.

Tags : Derby


Comentários Comente

Luiz Ceará

[uolmais type=”video” ]http://mais.uol.com.br/view/12619210[/uolmais]