Luiz Ceara

Arquivo : fevereiro 2012

Doação.Se a moda pega, vão trocar jogador por toneladas de frango.
Comentários 16

Luiz Ceará

1.Dinho ck
3 horas atrás
Concordo que é uma ideia ridicula mesmo, torcedor torçe , e dirigente que briga pra estar lá tem q administrar, mas o que realmente revolta a nós Palmeirenses , é que se fosse num outro time do coração de alguns jornalistas seria uma ideia genial (Como seria no caso Cristhian que o time dele se recusou a negociar), mas no Palmeiras vem comentarios maldosos, e com paixão clubistica envolvida, isso é lamentavel , eu cada dia mais evito ler jornais , noticias de time , blogs então nem se fala vim aqui apenas para mostrar , que o jornalismo esportivo precisa ser mais imparcial, todo mundo tem um time que torçe, e tem q ter mesmo, mas alguem da midia , escrever como se estivesse num churrasco com amigos é uma vergonha

Resposta

Jornalista que não tem time de coração está na profissão errada. Você tem razão quando diz que muitos fazem “comentários maldosos e com paixão clubistica”.

Não me incluo, até porque sou Flamenguista, time em crise financeira nunca vista e em Campinas minha cidade natal, torço pela Ponte Preta.

Sou fã do Felipão, mas minha profissão me diz que para escrever tenho que esquecer isso . Sou admirador do Tirone, que é inteligente e educado. Mas hoje, por exemplo, tive que falar o que falei, por pura convicção.

Respondo ao seu comentário com prazer e respeito, e escrevo mesmo como se estivesse num churrasco ou numa grande festa que é a vida que eu tenho. Sou feliz mesmo amigão. Não tenho ranços ou rancores. Escrevo por prazer e amor. Não sou um jornalista que escreve maravilhosamente e nem pretendo ser nada. Falo de bola por amor. Se bem ou mal, fica pra você amigão.

Obrigado.

2.
Celso XML
3 horas atrás
Isso é mais um embuste dos dirigentes (sic) pra cima dos torcedores. Me nego a acreditar que alguém tenha colaborado nessa farsa. E se depois descobrirem que a grana arrecadada não é (e não será mesmo) suficiente? Irão devolvê-la? E se, hipotéticamente, contratassem e mais tarde o vendessem com lucro? Iriam dividir o o principal + os dividendos com os torcedores? É claro que não. Como podem pensar que Todos são idiotas e não conseguem avaliar que isso é um engôdo, na tentativa de encher um pouco mais o bolso de alguns?

Resposta

O dinheiro está sendo depositado numa conta e só pode ser doado em forma de cartão de crédito. O dinheiro, se não atingir o necessário, será devolvido a cada um. É o que está, para mim, muito claro.

Falar desse assunto é mesmo difícil e vi por intermédio dos amigos que me escreveram que as opiniões não batem. Ninguém fala a mesma língua. É bom e ruim.

Bom porque causou uma enorme comoção entre os torcedores e isso mostra o amor que o Palmeiras desperta.

Ruim, porque esse não é em minha opinião o jeito certo de contratar e nem de cuidar da vida de um clube profissional. Fazer vaquinha, vender rifa ou fazer sorteio de frango assado é para clube de bairro, não algo do tamanho do Palmeiras.

E isso serve também para Corinthians, São Paulo, Flamengo que está às moscas e todos os outros grandes.

Se a moda para comprar jogador pegar, uma granja pode oferecer toneladas de frango como doação. Nessa parada, só quem vai ganhar é o cara da empresa que inventou o esquema. Ele vai ficar rico, porque fica com um pedaço do dinheiro, ou ele trabalha de graça?

Tags : Palmeiras


A vaquinha do Wesley vai mudar o dólar. Ridículo.
Comentários 115

Luiz Ceará

Wesley vai custar ai Palmeiras mais de 20 milhões de reais.

O dinheiro deverá chegar em cotas/doações de palmeirenses que acreditam que ele vai mudar a cotação do dólar no mercado.

Só pode ser isso. Porque do contrário, essa é uma das maiores trapalhadas que eu já vi no futebol.

E mais. Se virar moda, o torcedor vai arcar com mais uma obrigação por amor ao seu clube de coração. Comprar jogadores.

A pergunta que fica é: Você tira cem reais do seu dia a dia – e aí eu falo com o torcedor comum, o fanático, que já arruma dinheiro ninguém sabe onde para ver seu time jogar quarta e Domingo – para ajudar seu time a comprar jogadores? Tira da sua casa, do seu pão para ajudar clube?Mistura dia a dia com futebol?

Pois bem, eu digo isso porque primeiro Wesley, pelo que joga, e é excelente jogador, não vai resolver a vida do Palmeiras nem de nenhum clube do país. Segundo que deve estar pegando muito mal fora do Brasil, essa história de vaquinha. Vamos comprar o Cristiano Ronaldo? Dá-lhe vaquinha. E o salário do cara?

Clube que não tem dinheiro não compra, melhor ainda, não compra e nem expõe ao ridículo de uma vaquinha seus fiéis torcedores.

Sei que outros clubes já fizeram ou tentaram fazer isso. Dá no mesmo.

Tirone, que eu respeito e admiro, não poderia cair nessa. Dá pra fazer vários Wesleys em casa, com trabalho, profissionalismo e olho clínico de quem sabe enxergar na base.

Como me diria sorrindo mestre Zenon: isso é balela!

Tags : Palmeiras


Essa não é a Seleção do sonho, mas é o que temos.Paciência.
Comentários 25

Luiz Ceará

É muito difícil comentar a Seleção Brasileira. Resultado de 2 a 1 para o Brasil.

E por um motivo simples. Ela joga pouco e só tem dois ou três dias para que os jogadores viajem, treinem e joguem. Isso não existe.

Aí vem os defeitos que todos nós vemos.

O meio campo não está entrosado e não cria o suficiente, ou nada, na verdade. Nossa defesa tem uma das melhores formações do mundo, mas o goleiro Julio Cesar falhou no gol de empate da Bósnia, e David Luiz foi mal hoje.

Neymar está caindo quase nada perto do que caía – acredito que esteja vendo Messi jogar – e isso faz com que seu futebol apareça muito mais.

Não dá pra entender Fernandinho no time. E Ganso no banco, embora de posições diferentes. Por que tem lugar para um e não para outro?Quando Ganso entrou no time, a cara da criatividade é outra. O passe fica melhor e a boa surpresa pode sempre acontecer.

Ronaldinho, que eu defendo na Seleção não foi para o jogo. Ficou no Brasil mais uma vez. Irreconhecível.

E Mano fica numa sinuca de bico. Fala que este é o time base, ou quase, mas este time não é o Brasil. Não o que o torcedor sonha., embora a vitória.

Dentro de um ano e quatro meses tem a Copa das Confederações e em cinco meses a Olimpíada de Londres. Há que muito trabalhar e pouco falar.


Andrés finalmente deu bom dia pra cavalo.
Comentários 7

Luiz Ceará

Andrés precisa tomar cuidado com ele mesmo.

Falar é bom, ter o que falar, melhor ainda.

Dizer coisas importantes é essencial nesta vida, porém temos que ter essas importantes informações para passar adiante.

Pensar antes de se expressar. Que dificuldade para nós aqui na terra.

Então, eu fico imaginando o Andrés Sanches.

Falastrão. Com nenhuma papa na língua, mandando a metralhadora de sangue espanhol a mil por hora.

Não é de hoje que à tarde ele fala que o que falou pela manhã não “era bem assim”…

Melhor se aconselhar com sua assessoria, e ele tem duas, uma particular competentíssima e outra não menos da CBF.

Ou isso, ou vai acabar no “bom dia cavalo amigo, como vai o amigo nesta manhã…”


O papo furado entre Andrés e Juvenal.
Comentários 23

Luiz Ceará

Andrés Sanches é um negociante. Aprendeu na feira livre, no CEASA. Sabe mexer esse doce do “eu te ofereço isso, você me paga somente aquilo”. Tá bom? Não? Então vamos fazer da seguinte forma… E você acaba entrando na dele e comprando suas idéias. Foi assim que ele se tornou presidente do Corinthians e um home de sucesso. Foi assim que virou o Midas que realizou o maior sonho da Nação Alvinegra. O Estádio de Itaquera. Isso ninguém historicamente tira dele.

Juvenal Juvêncio também sabe como negociar o que lhe interessa mais do que o que interessa ao São Paulo. Foi um bom presidente no primeiro momento, mas cometeu erros que vão segui-lo pelo resto da vida.

Tirou do torcedor o sonho de ver o Morumbi, em sua grandiosidade e modernidade – porque iria se modernizar mesmo – numa abertura de Copa do Mundo. Isso não vai acontecer. Nem na Copa das Confederações o Morumbi entrou. Quem micou? Foi a política arrogante do presidente do São Paulo. O dono de uma empresa, a maior delas, na área de ensino de idiomas me disse que “na vontade de fazer o ótimo, perdemos a oportunidade de fazer o bom”.

Política errada e briga com pessoas erradas. Um certo excesso de saber demais, aliado a muita auto-suficiência, e outros pequenos defeitos, arruinou o São Paulo nos últimos anos.

O pior foi o bate boca entre Andrés e JJ. Isso ninguém que seja sério agüenta mais. É papo furado. Nem um tem tanta autoridade na CBF, e nem outro tem tanta força política.

É irresponsabilidade.


Com a palavra, o torcedor do São Paulo.
Comentários 33

Luiz Ceará

Dyl Blanco
7 horas atrás
Por que será que a impressão que este time do São Paulo me passa é de um time catado ? De um time sem conjunto com as coisas resolvidas individualmente, onde cada um parece jogar exclusivamente para sí, pensando nas próprias jogadas, deixando de passar a bola com cuidado e precisão para apenas se livrar dela no momento em que percebe que não conseguirá dar sequência ao seu movimento solo. Sinceramente não sei como Leão está aguentando dirigir esse tipo de jogador. Em outras épocas esses jogadorezinhos, produto de marketing de empresário, estariam todos definitivamente afastados ou encostados em algum time.

Tri MUndial meu SP
9 horas atrás

A ceara a vdd é q o SP tem um zagueiro digamos bom q é o Rodolfo e os outros zagueriros horriveis….Piris é sacanagem ser titular do SP e não temos 1o volante o Denilson faz uns 7 meses q esta no SP e não consegue marcar ngm..só faz falta e é exppulso… O Lucas é brilhante mas é mto fominha quer passar por 5 jogadores não dááá.. Casemiro como pode um muleque de 20 anos não tem explosão..não consegue dar um pique sequer.. E o Leão tem culpa??? Culpa é do Juvenal pagar 3 milhões de Dolar pelo Piris.. Trazer 2 zagueiros horriveis para o SP q é o Paulo Miranda e o zagueiro q veio do Figuerense..e pelo Fabricio q veio zuado junto com o lateral direito q chegou machucado

Eu respondo ao torcedor:
É evidente que eu não concordo no geral com os amigos do Blog , mas reproduzo os comentários deles, para mostrar como parte significativa do torcedor do São Paulo pensa. Eu ouço esse tipo argumentação nas ruas e por onde ando também.

O São Paulo através de seu dirigente maior o Sr. J.J. tem que manter o foco no time, na montagem definitiva desse time. Brigar de novo com Andrés, agora na CBF não é bom negócio e já tirou o Morumbi, o melhor estádio do país, da Copa do Mundo. Um desastre.

O São Paulo já cometeu erros demais. Com a saída de gente de ponta como o preparador físico Carlinhos Neves e o fisiologista Dr.Turíbio Leite, por exemplo, sem falar de Marco Aurélio Cunha, o SP perdeu parte de seu tão famoso pedigree. Ou eu estou enganado?

Essa é a reclamação do torcedor. Queiram ou não os dirigentes, o torcedor, neste caso, está certo.

Tags : São Paulo


Leão tem problemas na defesa e Felipão vai ter que acertar a sua também.
Comentários 11

Luiz Ceará

Voltamos para o segundo tempo de Palmeiras e São Paulo.

Mais lento como era de se esperar por causa do calor.

O São Paulo empatou num pênalti completamente claro. Cicinho empurrou Cortez dentro da área. Willian José bateu pra fazer o gol de depois teve uma falta na trave.

O Palmeiras foi melhor o jogo inteiro, às vezes mais, outras menos, mas melhor.

Aos 27 alguma coisa aconteceu na defesa do São Paulo. Deixar o Barcos sozinho é muito pra minha cabeça. Marcado ele é duro, sozinho então…3 a 2, um resultado justíssimo.
Alô Leão, em dois jogos o Palmeiras tomou seis gols. Quem toma seis, tem que se desgastar muito para correr atrás. Então tem coisa errada. O resultado é que Fernandinho que tinha entrado no jogo, teve que fazer o seu pra empatar. Entendeu o amigo do Blog?

No Palmeiras que esteve sempre na frente, vai haver chiadeira do Felipão. Claro, porque sempre na frente, também não funcionou na defesa.

Foi um grande clássico em que Fernandinho confirmou o que estou falando:” O problema é que temos sempre que correr atrás do resultado”.

Lucas pega agora um jatinho para chegar a São Paulo onde viaja para a Europa. Vai encontrar a Seleção. Viaja com Dedé do Vasco, que perdeu a campanha 100% e a Taça Guanabara para o Flusão.


Palmeiras e São paulo. Um primeiro tempo verde.
Comentários 1

Luiz Ceará

O Jogo entre o Palmeiras e o São Paulo foi decidido no primeiro tempo por duas idéias.

Boas idéias.

Aos seis minutos falta na entrada da área para o Palmeiras. Denis se colocou para a batida de Marcos Assunção, claro, o cara que bate sobre a barreira, forte, tirando do goleiro.

Se preparou para Marcos Assunção, mas quem bateu foi Daniel Carvalho. Aí a situação é a seguinte. Onde ele vai bater? De que lado vai bater? Vai bater por cima?

Daniel Carvalho bateu por fora da barreira, e quando Denis olhou já era. Chegou atrasado. O Palmeiras saía na frente.

Jogo equilibrado porque o São Paulo já se sabia, iria pra cima. E foi. Mas Cícero estava jogado errado. Armando o jogo. Aí Leão mandou que ele fosse jogar na frente, que ele faria o gol.

Cícero entrou na área como Leão mandou e empatou o clássico.

Terceiro lance, mais uma barbada. Maikon Leite disparou e meteu a bola na área. Barcos tirou Paulo Miranda, Pires passou como uma vaca louca e Barcos fez um golaço colocando o Palmeiras de novo na frente.

Bom clássico, meio lento por causa do calor. Nada novo isso, previsível. Tem mais 45 minutos pela frente. Eu volto já, já.


Alôôu!!! O Guarani é o vice líder.Acorda macacada.
Comentários 20

Luiz Ceará

Eu leio que o Palmeiras perdeu a chance de estar na ponta da tabela porque empatou.

Empate quer dizer que você não venceu e não venceu porque jogou mal, perdeu chances reais de gols ou porque seu adversário foi superior.

Marcos Assunção falou que: “Foi ruim, mas futebol é assim. Não são todos os jogos que vamos ganhar, fizemos o que era possível”. O Palmeiras é o terceiro colocado.

O Santos é o quarto e seu time está cada vez melhor. Aí mora o perigo num confronto futuro, porque o campeonato não é de pontos corridos.

O São Paulo é o quinto colocado e vive momentos de tensão. Por quê? O fantasma das contusões assusta e desmonta qualquer time.

Mas e o segundo colocado. Nossa imprensa aqui da Capital não fala dele. Ele não existe. Mas está ali, na tabela, e tem 7 vitórias em 9 jogos, 1 empate e 1 derrota. Acumulou 22 pontos, um a menos que o poderoso Timão.

Esse time, o segundo colocado joga certinho, com os pés no chão, com um elenco reduzido e sem estrelas de primeira grandeza. É o chamado time solidário.

Mas tem um treinador experiente, capaz, que conhece o ofício de treinar bem e que sabe acima de tudo fazer a cabeça do elenco. Formar grupo. E que sabe “mexer o doce”, ou seja, montar um time taticamente. Estuda os adversários e joga o jogo.

Vadão está de novo montando um belo time com seu jeito simples, mas conhecedor. Torço por ele porque é competente e sério. Pegou um montão de jogadores com vontade de aparecer no Paulistão e fez um time competitivo.

O Guarani minha gente é o segundo colocado. O que a imprensa de São Paulo não fala, o que incomoda.

PS: O que eu não posso é passar batido no desencarne do cantor Pery Ribeiro. Filho de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins ele foi um ícone da musica brasileira, numa época em que cantar era cantar, ter voz, interpretar.

Pery gravou “Criado Mudo”, musica deste humilde repórter.

Tags : Guarani


O sombrio Ricardo Teixeira come no prato que cuspiu.
Comentários 15

Luiz Ceará

A vida é maravilhosa. O dia a dia, quando você  “presta atenção no serviço” mostra quem são verdadeiramente as pessoas e o que realmente elas querem.

Ricardo Teixeira sentiu que a vida que levava não era boa. Não fazia sucesso na profissão que exercia. Viu o sogro Havelange se encher de grana com o futebol e sentiu que queria uma vaga na carroça. Montou no cavalo da frente da dita carroça e começou a dirigir por conta própria. A carroça.

Se encheu de grana como o sogro. Fez mais. Seus filhos levam o sobrenome do sogro depois do dele, para continuar a família Havelange. Gesto nobre, olhar matreiro.

Ficou anos no poder, levou processos, fez acordos com o diabo e com políticos o que dá na mesma. Fez acordos com presidentes de Federações Estaduais de Futebol por este país afora, o que dá no mesmo que fazer acerto com o diabo. Olha ele aí de novo.

E quem faz acordo com o diabo tem que pagar. A hora chegou e ele está comendo no prato que cuspiu. Ninguém o quer mais ao lado. Lula, antes sorridente não fica na mesma sala. Deputados não atendem seus telefonemas e a Presidente Dilma, quando tem que encontrá-lo, faz figa, reza pai nosso, coloca colar de alho e usa cinto de prata.

Hoje em dia ela não quer nem mesmo vê-lo.

Ricardo Teixeira está só. Seus parceiros de Federações, alguns deles querem seu lugar, como ele quis o do sogro. O que está acontecendo, o motim que os jornais falam, é isso. Desejo insaciável de poder, corrida do ouro. Visto de cima, um amontoado de espíritos sofredores.

Ricardo vai cair? Vai renunciar?

Eu duvido. É jogo de truco, e ele está blefando. Matreiro, joga no escuro. Está acostumado a mãos sedosas, a cumprimentos em que ninguém pega na mão com firmeza, como homem. Ele conhece o caminho das sombras.

O jogo está sendo jogado. Vamos ver depois que o juiz apitar. Só depois sai o resultado.