Luiz Ceara

Arquivo : janeiro 2012

Vão vender bebida alcoólica dentro dos Estádios? Me ajuda aí Datenão
Comentários 52

Luiz Ceará

Ontem eu disse aqui neste espaço que não vou a estádio de futebol se não for a trabalho. É inseguro, não tema banheiros para minha mulher e filhas, não tem banheiro que seja razoável para os filhos e netos. Estádio de futebol, via de regra é porco e mal freqüentado.
Recentemente estive no meio de várias torcidas organizadas em frente a estádios. Trabalhando. Não fui mal recebido, pelo contrário. Trataram-me até com um respeito que nem mereço. Fiquei feliz.
O caso é que vi muita gente alcoolizada, já chegam assim ao estádio. Tem droga? tem também e a polícia de SP e do resto do país sabe disso. Tem traficante vendendo ali, na hora?Tem também e ninguém vai preso num flagrante pela polícia. Tá tudo nosso, como dizem.
A pergunta que eu faço é direta é direta ao petista Vicente Cândido, relator da Lei Geral da Copa, que entre outras coisas, pretende liberar bebidas alcoólicas mesmo após a Copa do Mundo.Pior, a previsão é de que esta liberação seja já a partir de Março deste ano, se a Câmara e o Senado votarem nesse prazo.
Pode? Pode, porque tem uma dinheirama das empresas que fabricam cerveja e tudo mais que se bebe envolvidas. Claro, por detrás das cortinas.
O Ministro da saúde, Alexandre Padilha disse que: ”Mostramos que seria injusto penalizar um setor da economia com a proibição?
Então ta bom. Os caras já chegam chapados ao estádio, Neguinho bebe pelo caminho. Aí fica liberada a bebida nos bares dentro dos estádios. Var ter confusão á vista?
Com a palavra o Ministro da Saúde. Da saúde?
Aí vocês querem que eu vá com minha família a um Estádio de Futebol?
Me ajuda aí Datenão!

Tags : Copa


Alô amigos do Blog.
Comentários 31

Luiz Ceará

Eu não vou a campo de futebol para assistir um jogo a não ser trabalhando. Para mim, nos tempos de hoje é perigoso. Não levo meus filhos nem meus netos. Todos, como eu, tem seu time. Todos torcemos por algum clube. Em Campinas onde moro, sou Ponte. No geral, Flamengo. Meus amigos estão carecas de saber disso.
Não seria hipócrita de dizer que repórter ou comentarista ou blogueiro ou colunista ou narrador de futebol ou chefe de reportagem ou gandula não deve ter clube de coração.
Todos temos e ponto final.
No meu caso, tento ser por ofício, independente. Alguns acreditam que sou corintiano, outros, que torço pelo Palmeiras. Tá todo mundo errado. Já disse acima para quem torço. Não sou fanático, porque aprendi com Armando Nogueira que depois de anos na lida da bola, começamos a torcer por pessoas, não para clubes. Sou fã de pessoas, já não vibro mais por clubes de coração. Assim é a vida.
Torço pela melhora do Adriano, adoro o Emerson Sheik. O Alex, menino de ouro. Gosto muito e admiro o Felipão, sou amigo do Nelsinho Baptista. Do Vadão nem se fale. É meu querido irmão. Zenon é aqui da minha casa e eu sou amigo do Careca e do Casagrande. Amo Casagrande. Temos muitos lances que recordar dos tempos em que ele jogava. Neto conheci com 16 anos, e até hoje acompanho sua história de vida. Vitoriosa. Tem um coração maior que ele mesmo, de quando era gordo. Tá fininho o moleque. Não tenho mais palavras para falar de quantas pessoas neste meio eu gosto. Não dá neste espaço.
Falei isso porque muita gente entra aqui para falar que sou isso ou aquilo. Confunde profissão com fanatismo.
O futebol me fez assim, sincero e amigo de gente boa.
Valeu.

Tags : Blog


O Paulistão é jogado em pastos encharcados e cheios de buracos.
Comentários 38

Luiz Ceará

A bola do Campeonato Paulista da época de Pelé era de capotão, couro mesmo, costurada à mão. Nos dias de chuva ela pesava o dobro na hora do chute. Pepe fazia aquela bola de couro do dia chuvoso contra times europeus nos mundiais em que o Santos levou o título, como no Maracanã encharcado, virar uma bomba. Literalmente.
As chuteiras eram de couro e também molhavam e aumentavam a falta de mobilidade, e o material do uniforme então…
Mas o mundo mudou e o uniforme dos jogadores nos dias de hoje, quando não repele a água, segura quase nada. As caneleiras são de plástico e as chuteiras impermeáveis.
E tem a bola. A do Paulista é confeccionada em PU+PVC. Tem câmara butil e é costurada à mão. A circunferência é de 68-70cm e o peso de 478 gramas. Você amigo do Blog sabe o que é isso? Que material é esse? Não, a maioria não sabe e nem eu sei. Não sou especialista, mas vejo a bichinha rolar em campo na chuva e no sol, campo seco ou molhado da mesma forma. Ela não encharca e nem pesa mais.
E porque eu to dizendo isso?
Porque se o tempo passou para o material esportivo e ele se modernizou, usou tecnologia de ponta e se aperfeiçoou, os gramados do interior de São Paulo e na verdade para mais de 98% em todo o país,ele, o tempo, parou.
Como podem estádios como o do Catanduvense e do Guaratinguetá, para dar dois exemplos de equipes que estão disputando o Paulistão, apresentarem pastos no lugar de gramados aptos para disputar jogos de futebol?
O amigo do Blog acredita que jogadores do quilate de Liedson,Luis Fabiano, Neymar, Ganso e Valdívia, de futebol requintado e mesmo Marcos Assunção, exímio batedor de faltas possam render o que sabem nesses gramados?
A FPF deveria fazer uma vistoria técnica detalhada nos gramados de todos os estádios do Paulistão antes do início da competição. E liberar estádios somente com tapetes onde se pudesse jogar bola, não correr atrás dela por entre buracos e caminhos de ratos.
O futebol está fraco porque além de equipes sem categoria, temos que agüentar uma buraqueira dos infernos. Se chover então…
O amigo tem duvida?É só perguntar aos jogadores.


A respeito de Felipão, penso como o Perrone.
Comentários 21

Luiz Ceará

Outro dia eu estava conversando sobre Felipão com uma amiga querida, Elô, a melhor produtora de TV que eu conheço. Ela também é muito amiga do Felipão. E a conversa era sobre ele. Eu dizia a ela que o treinador do Palmeiras, que eu conheço desde os tempos da Copa do Brasil quando ele era técnico do Grêmio, é um treinador amado pela imprensa e pelo torcedor brasileiro pelo que fez no futebol, e pela pessoa simples que aparenta ser. Tudo bem que ele não é mais o mesmo dos tempos do Grêmio. O dinheiro muda algumas pessoas e Felipão sofreu com essa mudança. Depois de ficar rico ele passou a ser egocêntrico. Só ele sabe, não erra nunca e se sente sempre perseguido. E. fala muito!
Felipão dispara contra dirigentes, jogadores e imprensa. Não precisava ser assim. Ele, no fundo não é assim. Está assim. Eu penso que o motivo é o que o cerca.
Seus assessores diretos, ou melhor, um deles. O de imprensa.
Uma vez Felipão entrava numa palestra para treinadores no Pacaembu. Eu estava ao vivo na Band. Fui chegando perto, para pedir uma palavra e lá vem o assessor me olhando feio e sem me cumprimentar, sem um bom dia Ceará sequer… Disse “não, ele não vai falar”. Coisa de mal educado e incompetente. Isso não é assessoria, é segurança.
Segurança-assessor. Um assessor de imprensa vem meia hora antes, conversa com seus companheiros, explica como vai ser e o que poderá ser feito. Informa a imprensa.
O do Felipão passa a imagem que o treinador é um truculento que só fala quando quer e o que quer. Isso é uma falsa imagem, porque pessoas próximas a ele dizem o contrário.
Os jogadores em sua maioria não gostam de seu estilo, dizem que é seco e durão. E que também está ultrapassado. Mas isso passa batido. O problema do Felipão não é nem seu péssimo relacionamento com a diretoria do time que ele está dirigindo hoje. Frizzo, diretor de futebol do Palmeiras e seu desafeto passa apertado com ele. O presidente do Palmeiras vive com medo do que diz a boca do treinador.
Mas eu afirmo aqui que sem medo de errar que Felipão é um cara bacana, mas pessimamente assessorado. O cara, o assessor, dizem,tem o habito de ligar para redações e conversar com editores. Passar a informação que interessa não a real. Dizem, pra mim nunca ligou. “ Os críticos afirmam que a assessoria de imprensa do técnico aperta o detonador que faz Scolari explodir, e o Palestra tremer.”disse no Blog o companheiro Perrone. Então eu não estou sozinho nessa. E digo mais. Não adianta falar ou criticar o assessor-segurança. Ele é amado por Felipe. Intocável.
Assim não vai para lugar algum, não consegue nunca o que quer realmente, não é ouvido pelos atletas com carinho e o devido respeito e passa por falador.
Esse não é o Felipão que eu conheci e que respeito.

Tags : Felipão


Rogério Ceni é uma lenda que vai voltar a jogar.
Comentários 37

Luiz Ceará

Tem o RCeni.Ele foi operado pela equipe do Dr. Rene Abdalla, fera. Quem mexeu na caixa preta do goleiro foi o Dr. Sérgio Schubert, um especialista. A operação que durou uma hora e trinta minutos foi um sucesso. O Dr. Rene disse que a previsão de recuperação é de seis meses. Conhecendo RCeni, ele volta em quatro. Podem me cobrar. RCeni vai se aposentar velhinho, quase de muletas. O cara é um super homem, dentro e fora dos gramados. Veio para esta terra para iluminar e alegrar. Mostrar determinação aos mais jovens. Dar exemplo. Vencer. Dizer como se faz. Fazer história. Virar uma lenda.
Quero deixar um pensamento para RCeni.”É durante as fases de maior adversidade que surgem as grandes oportunidades de se fazer o bem a si mesmo e aos outros”.
Se cuida, lenda.


Paulistão? Todo mundo gosta, e como gosta.
Comentários 1

Luiz Ceará

Esta semana o Neto perguntou a todos que estavam participando do SPA da Band quem teria mais chance de ser Campeão Paulista. Cedo para perguntar, mas na TV tudo tem que ser assim mesmo, na bucha. E é por isso que se erra tanto na TV, porque é tudo imediato, ali na hora. Pois bem, eu disse Santos e Corinthians, nessa ordem. Mais para o Santos se me entende o amigo do Blog.
Mas com o passar dos dias alguns jogadores foram chegando aos clubes paulistas e outros ainda devem chegar. Como Nilmar para o tricolor. E aí… bom aí, se ele vier jogando e se dando bem com Fabiano, aí o SP decola. Vai demorar um pouco, tem ainda Jadson e o tempo de adaptação desses novos jogadores. Vamos falar um mês e meio. O SP sai da terceira colocação e passa para a primeira junto ao Santos. Pela força de elenco tecnicamente falando. Dentro de campo tudo tem que correr bem, se bem me faço entender.
O Timão, que estava em segundo, se engrenar é sempre o adversário com maior numero de gente em campo, Ele joga com 12. Onze no gramado e a Fiel na Arquibancada. Quase imbatível num dia inspirado. Guerreia muito, briga pela bola e faz gols. Tem grupo formado e está otimamente bem treinado por Tite.
E tem o Palmeiras, quarta força. Por quê? Porque Valdívia que poderia mesmo fazer a diferença ainda não convenceu nem o torcedor e nem Felipão.E nem a nós da imprensa. Vamos ver.
O resto das equipes do Paulistão está aí para complicar, infernizar e vender caro cada jogo. Por isso o Campeonato Paulista é excelente. Sei que tem coleguinha que faz nariz torto pra ele, mas é só pra dar renda. Eles gostam, como gostam. Vivem disso, da bola.

Tags : Paulistão


Leão, Denis e Rogério Ceni.
Comentários 19

Luiz Ceará

Leão conversou comigo nesta manhã aqui no CT do São Paulo. Havia uma expectativa de parte dos companheiros de imprensa de uma situação difícil depois do que escrevi aqui no Blog no caso do goleiro Denis, o substituto de Rogério Ceni que será operado hoje, ou que já foi neste momento em que escrevo. Agora estamos em 11:24 horas. Leão durante a semana disse que o que eu havia escrito estava errado. Então eu perguntei a ele: ”Você me chamou de mentiroso¿” Não, ele respondeu, foi o seu coração pontepretano que falou mais alto. Então eu dei o caso por encerrado, porque senti que Leão sabia que eu dizia a verdade porque estava bem informado, mas que também estava meio chateado porque sei da dura vida do goleiro reserva, o que fica anos esperando uma chance. Aqui no São Paulo então… é osso!
Na coletiva Leão mostrou seus planos reais. Vai trazer um goleiro que seja jovem, de boa estatura e que possa aprender mais do que sabe. E disse que Denis é o titular absoluto e que vai ter sua oportunidade de jogar.
Os outros dois goleiros, os Leonardos, que é como se chamam os dois, como são ainda muito jovens vão continuar se preparando para o futuro. Leo, o primeiro substituto e Leonardo, o mais jovem e quarto goleiro.
No mais, é esperar. Se Denis vai honrar a vaga de RCeni, o tempo vai dizer. Tempo curto, de hoje até amanhã no Morumbi contra o São Caetano. Futebol é assim mesmo. Jogo rápido, pra ontem. A discussão entre este blogueiro e Leão, que muita gente estava acreditando acontecer foi trocada pelo bom senso. Eu não preciso mentir e ele sabe disso.
Para RCeni, o melhor. Recuperação rápida e volta plena. O futebol sem RCeni fica chato.

Tags : Leão


Adriano é erro de rota. Nada sério.
Comentários 33

Luiz Ceará

É verdade que na vida a gente comete erros. Um atrás do outro, todos os dias. Uns dias mais, outros nem tanto. Já acordou cedo e não teve vontade de cumprimentar ninguém? Nem sua mulher ou sua mãe? Seu filho? Seu chefe?
Na grande maioria das vezes, você está errado. Um” bom dia” ou uma conversa em voz baixa resolveria a questão.
Uma reflexão.
Faltou isso ao Corinthians quando trouxe Adriano. Faltou conversa, análise da questão. Na época, a pilha foi de Ronaldo, o Fenômeno. Amigo, ele pensou que estava fazendo algo importante para seu time de coração numero 2. Errou e Andrés errou junto com ele. Agora deu entrevista dizendo que errou.
Não é esse o problema. A confusão em torno de Adriano não passa de jogo político dentro do Clube do Parque São Jorge para atrair votos à oposição a Mario Gobbi.Não é mais que um enorme barulho que se está tentando fazer para desclassificar uma diretoria que iniciou a construção do maior sonho do torcedor, aquele mesmo que vai votar.O Estádio de Itaquera que ainda não tem nome.
Ronaldo e Andrés tornaram real um sonho de cem anos e erraram em Adriano.
Erro pequeno, no meio de uma rota vitoriosa. Pouco.

Tags : adriano


A Copa dos sonhos de menino.
Comentários 6

Luiz Ceará

No início da Copinha eu escrevi aqui no Blog sobre o que é sonhar algo na vida e a importância disso para nossa existência aqui na terra.
Pois bem. A Copinha acabou e o coringão levou com dois gols do zagueiro e capitão Antonio Carlos.
Levou de virada, gol aos 43 do segundo tempo, Pacaembu bombando. A cara do Timão, ou não?
Até aí tudo certo.
Disseram que o Flu pipocou. Não é verdade. Pressão, sim, faz o sangue ferver e o coração bater mais forte. Eles devem ter sentido, e seria impossível não sentir a nação aos gritos. Ela mais uma vez fez a diferença.
Até aí tudo certo.
Mas… e o sonho?
Eu volto ao tema porque conversei hoje pela manhã com Paulo Henrique, lateral esquerdo do Santos, que subiu ao time de cima após o peixe ser desclassificado. E com o meia Pedro Castro, que passou por vários clubes, sempre nas categorias de base e que também subiu depois da desclassificação.
Estavam felizes da vida porque subiram para o time de cima? Também, mas principalmente porque realizaram o sonho de disputar a Copa São Paulo e por conseqüência ganharem visibilidade. Vão jogar no time de Neymar e Ganso, no time de Pelé. Não existe sonho maior na cabeça deles.Sonho realizado, concreto. Até que Paulo Henrique tem outros dois. Tirar duas fotos. Uma ao lado de Muricy Ramalho e outra ao lado de Dany Alves do Barça e da Seleção. Isso fica pra depois.
Vencer com 35 mil pessoas no Pacaembu não se esquece jamais. Ser Campeão também, mas para os que nem chegaram perto deste feito, fica a saudade de ter disputado, e isso é para o resto da vida, a Copa São Paulo de Futebol Junior. “Fiz isso aos 18 anos”, pensa o cinqüentão com três filhos já adultos.” Eu estava lá.” Isso é o que vai ficar na cabeça dos meninos do Açu do Rio Grande do Norte, do Funorte, do Vilhavelhense e do Atlético de Roraima, entre todos os outros meninos sonhadores.
Sonhar é tudo nesta vida. Apenas sonhar.
Esses meninos, todos, realizaram seu sonho, escondido dentro do coração de cada um.
Você me pergunta: eos clubes, e os empresários e o investimento todo nessa molecada, e os negócios da bola?
Agora a vida segue.


O problema de Rogério Ceni está no excesso de treino.
Comentários 12

Luiz Ceará

Não entendi direito o desmentido do Leão a respeito do que ele disse com relação aos goleiros. Posso estar enganado,mas em nenhum momento ele disse que na falta de Rogério Ceni, Denis seria o titular e poderia vir outro goleiro para o banco ou mesmo para disputar a posição, coisa natural.
Leão disse: ”quero um goleiro jovem, que tenha uma base e que venha para ficar uns dez anos no SP, e que seja rodado. Estou com os pés no chão e vou esperar. Caso ele tenha que ser operado, vou pedir sim”.
Se não entendi, continuo com o pensamento que Denis pode e deve ser o titular do São Paulo. Primeiro porque nunca deu mancada quando entrou, ao contrário, fechou contra o Vasco quando a batata assou mesmo.
Segundo porque Leão foi um dos maiores de todos os tempos na posição e sabe olhar um goleiro.
E conhece bem a história dos goleiros da macaca de onde Denis veio.
E tem mais: eu sei olhar treino e há muito tempo Rogério Ceni treina de forma especial. No São Paulo tem seu tempo, sua forma e seus costumes. E tudo isso, faz dele o goleiro genial que é.
Só que eu tenho observado Rogério treinar muito, muito mesmo. E pergunto: Será que ele não está lesionado por excesso de treino, ou por fazer movimentos treinando que antes não fazia?
Rogério Ceni não é de se esconder e por isso penso e tenho convicção que o problema não é contusão por acaso, mas por causa do treino.
Pode me desmentir de novo Leão, que eu também sou seu amigo.