Luiz Ceara

Arquivo : julho 2013

Adalberto apostou em cavalos mancos e chamou de pangaré um puro sangue. Caiu.
Comentários 59

Luiz Ceará

Na hora em que avançou de sua condição de diretor de futebol ou coisa parecida fazendo críticas severas a Rogério Ceni, o Sr. Adalberto Batista passou o sinal vermelho do bom senso. Caiu.

Por total incompetência para avaliar o tamanho da bobagem que havia proferido.

Disse que RC estava falhando na reposição de bola, o ponto forte do maior ídolo do Tricolor em sua história. Insinuou uma aposentadoria que vem, mas que RC está tratando com profissionalismo e sofrimento. É sábio para saber que sua hora está chegando, mas como homem comum sofre como todos nós que um dia teremos que parar dar lugar aos mais jovens.

Adalberto Batista não respeitou a história do ídolo por soberba. Era um homem fraco como diretor de um departamento que não conhece em profundidade. Apostou em cavalos que jamais chegariam e chamou de manco um puro sangue.

Caiu para dar lugar a uma reformulação que se faz urgente numa equipe acostumada a vencer e a conquistar títulos.


Zona de espera e de conforto.
Comentários 22

Luiz Ceará

O futebol do Rio de Janeiro está na zona de espera, o de São Paulo na zona de conforto.

Espera e Conforto.

O Rio espera que um milagre aconteça. O milagre que transformará pés de rato em jogadores. Atletas preguiçosos em corajosos. Gente ruim de bola em craques ou pelo menos bons jogadores.

Você vê o Vasco jogar e dá risada. O Flamengo não fica atrás. Se salva o Flu e mais ou menos o Fogão, por que tem um fora de série que pode ser esperança e luz no fim do túnel. Seedorf é o nome dele.

Conforto para os paulistas é saber que tem bons elencos. O São Paulo tem, mas até agora não soube o que fazer com ele. Pior, na saída do samba que tomou do Vitória, Fabrício disse que cada um joga da sua maneira. Só cego não viu isso na derrota. O time tinha que voltar de busão, ou jogador não pode andar de busão?

O Corinthians é uma pálida imagem do que foi há bem pouco tempo. O time mudou e a bola sumiu. Mas o papo cabeça do treinador Tite continua o mesmo. Calmo, sereno e explicando pêlo de pulga. Melhor seria dizer que o time não está jogando o que sabe e pode. E que vai tomar um choque pra mudar. Isso, pelo menos é mais honesto de dizer.

O Santos navega pra saber onde vai aportar. Ta meio sem rumo, mas aposta na molecada. Que remédio?

E o Palmeiras vai mostrando sua cara. Time sério, bem fisicamente e taticamente ajustado à série B do Brasileiro. Gilson Kleina mostra por que foi contratado e está conseguindo um milagre. Valdívia está jogando, bem, ajudando o time e o melhor de tudo é que não se contundiu em dois jogos seguidos. Isso é ou não é milagre?nona de espera e de conforto
Timaço neste momento só o Galo.Pintou o campeão!.

Tags : Futebol


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>