Luiz Ceara

Arquivo : junho 2012

O time comprou o discurso de Felipão. O Palmeiras está na final da Copa do Brasil
Comentários 12

Luiz Ceará

Quem já viu de dentro do campo sabe. O Grêmio, historicamente, é um time de cara feia. Duro, matreiro, inteligente e competente. Muitas vezes o Grêmio teve tudo isso e mais um time brilhante. Não é o caso deste time dirigido pelo Luxemburgo.

Jogou ontem com o Palmeiras valendo uma vaga na final da Copa do Brasil. O Palmeiras sabia o que iria enfrenta, até porque, seu treinador despontou para o mundo da bola no banco do Grêmio. E sabia como enfrentar um time e um estilo que ele mesmo não só aprova como aplica onde pode.

O Palmeiras no sul não foi flor que se cheirasse e saiu com uma vantagem de 2 gols.

O Grêmio teria que vencer ontem por dois gols de diferença, mas não encontrou o caminho. O Palmeiras sabia como jogar contra um adversário tão tradicional.

O jogo no primeiro tempo foi de pegada, nervosismo, tensão, de provocações de ambos os lados, mas foi o Palmeiras que criou pelo menos duas oportunidades de gols. Num lance de falta faltou sempre Marcos Assunção.

Para o segundo tempo o que se esperava. Um Grêmio valente e um Palmeiras preparado. Tomou um gol de Fernando e continuou sua saga de não deixar o Grêmio se criar no jogo. Chegou ao empate com Valdívia e foi uma festa só.

Ali, no encontro entre Valdívia e Felipão deu pra entender que os jogadores compraram o discurso do treinador.

Durante a guerra que foi o jogo em alguns momentos Edilson e Rondinelly do Grêmio foram expulsos. Henrique do Palmeiras também foi.

Deste jogo duas lições. Uma, saber jogar mata mata. Felipão sabe. Outra. O gol de Valdívia foi salvador. Foi o gol da perseverança segundo ele mesmo. E Valdívia encerrou dizendo que dedicava o gol e a vitoria à sua família. E agradeceu aos companheiros pela confiança.

O Palmeiras está na final da Copa do Brasil novamente depois de 14 anos. Pelo que vimos ontem, difícil de segurar.


O gandula estava errado. E não foi agredido.
Comentários 47

Luiz Ceará

Acho que estou quase na hora de me afastar do trabalho profissional como jornalista esportivo. Minha vontade hoje é de escrever aqui no Blog só por esporte. De vez em quando.

Digo isso porque concordo plenamente com os comentários que ouvi na rua hoje e com os que li aqui pelas páginas de esporte.A galera está correta.

Toda a imprensa de São Paulo deu uma tremenda atenção ao trabalho porco do gandula que foi empurrado pelo jogador do Santos ontem. Eu li claramente  e ouvi de jornalistas esportivos que ele foi agredido. Não foi não.

Num jogo de futebol nem seria falta.

Na rua seria um empurrão e um “desculpa aí meu, fui mal”.

Na pelada seria um “levanta moleque vão pro jogo. Tá afinando meu”

No bar seria um” tá mamado?”

Dar atenção a um gandula corintiano que jogou a bola no chão em vez de entregá-la ao jogador do Santos é palhaçada. Outra coisa. Ele está li pra trabalhar direito e não pra trabalhar para o seu clube de coração. E trabalhar profissionalmente como ele disse que trabalha, implicaria em a bola ser devolvida imediatamente e corretamente nas mãos dos jogadores. Seja de um time ou de outro.

Conheço esse papo de gandulas há anos. São preparados para atrasar quando necessário, para fazer cera e para serem muito rápidos quando o lance é necessidade do seu time.

No mais tem jogo hoje pela Eurocopa-2012. Imperdível. República Tcheca e Portugal. Tarde para ver se Cristiano Ronaldo desencantou ou não.

Tags : Gandula


Que venha o Boca. E o São Paulo hein?
Comentários 22

Luiz Ceará

Eu disse que o gramado estaria ruim para os dois. Que o Santos era leve e estaria em desvantagem. E que o Corinthians seria um time marcador e que era favorito.

Mas a chuva parou e o Santos entrou em campo acelerado, pra cima do Timão.

Curioso. No intervalo do jogo, Danilo falou que o Corinthians entrou para jogar no contra ataque. Não Tite. Libertadores precisa de uma estratégia mais abusiva se me entende o amigo.

Resultado: Neymar, sangue na boca de tanta fofoca com o nome dele estava acelerado. E a defesa do Timão não acompanhou o raciocínio do moleque. Ele entrou a mil, passou para Alan Kardec que cruzou. Borges tocou na bola que foi para a trave e voltou. Quem estava lá sozinho? Como ninguém acompanhou, Neymar fez o gol.

Foi assim o primeiro tempo do Corinthians e Santos. O timão entrou errado e pagou o preço.

Na Copa do Brasil, a semifinal entre São Paulo e Coritiba estava do mesmo jeito. O Coritiba fez 1 a0 e o jogo iria para os penais. E o São Paulo ainda fez o favor de perder mais de um gol. Aí… não dá mesmo.

Então vamos lá. Dois minutos do segundo tempo e Danilo fez o quatro gol dele na Libertadores. Colocou o Timão numa situação confortável para desespero dos santistas. O jogo ficou bom.

E por incrível que possa parecer, o Santos murchou, perdeu o prumo, o eixo. E o Corinthians levou o jogo até o final contra um adversário que em nenhum momento deste segundo tempo levou perigo.

O empate classificou o Corinthians para a final histórica de sua vida. A da Libertadores. Um sonho realizado de mais de 100 anos. E eu acertei meu prognóstico do favoritismo do Timão.

Mas errei feio com o São Paulo. Time ruim de bola. Tomou um 2 a 0 que classificou o Coritiba para a final da Copa do Brasil, e agora tem que administrar sua crise. Ou tem alguém que não acredita nisso?

Quanto ao Corinthians, que venha o Boca.


Hoje é dia de Corinthians e São Paulo. Quem viver verá.
Comentários 16

Luiz Ceará

Amanheceu chovendo e hoje começa o inverno às oito e pouco da noite.

O tempo maravilhoso para a natureza que precisa da chuva é ruim para os dois times que disputam a semifinal da Libertadores no Pacaembu que deverá estar de muito molhado para encharcado.

Quem perde mais?

O Santos porque é um time mais leve e precisa de um gramado excelente para desfilar.

E o Corinthians que marca forte e o tempo inteiro. Fará muitas faltas e isso é perigoso.

Então quem é o favorito?

O Corinthians é o favorito disparado, porque tem a vantagem do gol na Vila e porque o campo será pior para o Santos.

Quem viver verá.

Hoje é dia de Corinthians e São Paulo. Quem viver verá.

A outra semifinal é entre o São Paulo e o Coritiba. Nenhum dos sois tem a Copa do Brasil, mas o São Paulo é três vezes campeão da Libertadores e do Mundo. Não treme em estádio nenhum deste planeta.

E o Coritiba, já era então? Não, vai lutar porque essa é sua maior característica. No Couto Pereira é osso.

O favorito é o São Paulo.

Quem viver verá.


Decisão entre Corinthians e Santos passa pelos bastidores dos dois times.
Comentários 14

Luiz Ceará

O Santos está jogando o Campeonato Brasileiro com seu time reserva. Neymar está tão exausto que acabou deixando isso claro no ultimo jogo, o do Corinthians, e não jogou o que realmente sabe. Faltou.

Na vida sabemos que dinheiro não é tudo, não traz felicidade, mas dá bem estar familiar, estuda os filhos nos melhores lugares, põe comida na mesa e se é muito compra um Iate de 15 milhões.

Mas ganhar essa grana toda demanda tempo. Cada vez que Neymar vai a um evento, e ele vai a muitos porque evento não quer dizer festa e sim conversar, por exemplo, com funcionários de um banco patrocinador, ou passar horas gravando um comercial. Participar de promoções, e gravar, gravar e gravar. E participar e participar e cumprir agendas. Mais de 10 patrocinadores pessoais. O cara é o Sr. Mídia. Bom pra ele. Essas atividades ou o excesso foram responsáveis, sim, pelo seu momento de não conseguir se apresentar no pico do que sabe.

E a seleção, que deveria ser um plus para sua carreira, onde ele deveria estar no auge e se dedicar ao máximo, levou a culpa da exaustão.

Por isso tudo e conhecendo os fatos do lado de dentro, Muricy está fazendo o que pode com ele e com a outra jóia, o craque Ganso, este sim, um jogador raro. A palavra é descansar. Se os patrocinadores deixarem, se a máquina de fazer dinheiro permitir.

O presidente do Santos pode ficar nervosinho, levantar sua voz á vontade, mas no fundo ele sabe que Neymar só está como está por causa da vida que ele leva fora de campo. Não estou falando de pagode e nem de festanças, porque não me interessa. É a vida como garoto propaganda que atrapalha o descanso do craque. Não tenham duvida disso.

E quem se dá bem com isso? Quem leva grande vantagem nisso? É o presidente do Santos e sua retórica defensiva e acusadora com relação CBF?Ou ele se esqueceu que pediu a convocação de Arouca? Tá reclamando de barriga cheia.

Não. É o Corinthians que vai jogar no Pacaembu contra um Santos sem seus dois craques no melhor de sua forma física e mental. Uma grande vantagem que só será quebrada pela genialidade dos dois jogadores.

O Corinthians sai na frente pelo placar conseguido na Vila e pela situação conturbada que vive o Santos e seus problemas internos.

Tite sabe disso e vai usar.

Muricy é um mestre e também vai usar essa situação para motivar seu time, levar os jogadores ao topo de seu rendimento.

E tem mais uma. A história do Rosenberg de que a Libertadores não interessa, o que vale é ser Corinthians é papo furado. Coisa de cara que gosta de falar mais que a boca. A Libertadores é hoje, porque o Timão tem estádio quase pronto, o maior sonho da história recente da nação alvinegra. Ponto.


Andrés, o diretor de seleções que fala demais.
Comentários 27

Luiz Ceará

“O Santos tem melhor time, melhor jogador, tem 3 atletas acima da média. O Santos tem também o melhor treinador, o melhor presidente”.

Quem disse isso foi Andrés Sanches o diretor de seleções da CBF. Até aí seria uma frase esquisita em se tratando da pessoa que tem o cargo que tem.

Mas Andrés foi também presidente do Corinthians até o ano passado e depois de sair do cargo pelo tempo de serviço ganhou de presente de seu parceiro e amigo pessoal Ricardo Teixeira o cargo mais importante de um diretor de qualquer coisa neste país da bola. Diretor de seleções da CBF, o cara que manda tirar e por. O cara que manda no treinador da mais importante seleção de futebol do planeta. Pelo menos ela era. O cara que pode e faz olhos de quem não quer ver sobre as negociatas de jogadores por empresários dentro da seleção. O empresário de Mano Menezes deita e rola, dizem.

Mas que está em situação difícil neste momento, porque o atual presidente não gosta dele. Nem Marin e nem o segundo de Marin, Marco Pólo Del Nero. E, dizem, se a seleção não for bem na Olimpíada, ele cai junto com Mano. Se for bem e conquistar o ouro, dizem, ele cai com Mano porque fizeram o melhor pelo o país.

Irritado e preocupado de seu futuro Andrés fez o que não devia. Como se ainda fosse presidente do Timão, o que não é mais, entrou em atrito verbal com o presidente do Santos Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro. Que, aliás, também perdeu a compostura depois de seu time tomar um coro do Timão na Vila.

O que absolutamente não gosta de fazer, Andrés, que quem uma excelente assessoria de imprensa veio a público em entrevistas em programas de rádio e TV para parecer simpático. E falou o que falou. Errou de novo.

Andrés precisa aprender a falar menos e ouvir mais. É o cargo dele que exige isso.


Os árbitros erraram feio contra Santos e Palmeiras.
Comentários 47

Luiz Ceará

Eu não sei o nome do árbitro que estava ao lado do gol do Santos no jogo contra o Flamengo hoje à tarde. Mas quando o árbitro Francisco Carlos Nascimento apitou pênalti em Ibson, o árbitro ao lado do gol, no fundo do gramado e de frente para o lance abriu os braços indicando que não havia lance faltoso, portanto não havia pênalti.O Flamengo venceu com o gol de Bottinelli que bateu depois que ninguém aceitou bater. Foi uma pipocada geral.

O Santos foi prejudicado.

Numa jogada rápida, e o árbitro Leandro Pedro Vuaden viu, porque ele estava olhando para o lance (pela imagem da TV fica claro) Barcos ser segurado pela camisa e depois derrubado pelo jogador do Vasco. Pênalti que se fosse marcado poderia dar a vitória ao Palmeiras.Final 1 a 1.

Felipão saiu de campo e disse que “não dá mais, vou para”. Não deu entrevista coletiva. Sinal de estresse maximo.

O Palmeiras foi prejudicado.

No Morumbi o São Paulo passou pelo forte Atlético Mineiro com Ronaldinho gaucho em campo. Luiz Fabiano fez um bonito depois de uma bola metida por Jadson. No final do jogo ele foi novamente expulso.

O caso dele não me parece de um cara raivoso. Luiz Fabiano pode estar precisando de um psicólogo ou de um colo amigo. A cabecinha não tá legal, é óbvio.

A diretoria do São Paulo mostrou sua Taça Libertadores de 1992. Raí entrou em campo com ela comemorando os vinte anos da conquista. O São Paulo tem três Libertadores e três Campeonatos Mundiais de Clube.

Que seja exemplo para o Corinthians que ainda não tem nenhuma Libertadores. Sonhar é de graça, precisa trabalhar, o que o Timão está fazendo.

O Corinthians está jogando agora com a Ponte Preta. Com um time reserva.Quarta tem Libertadores contra o Santos.


Valdívia não deve abandonar o Palmeiras. Essa é a vontade dele.
Comentários 47

Luiz Ceará

Conversei com um amigo de Valdívia. Próximo dele mesmo.

Ele me disse que: Valdívia comprou recentemente um apartamento em São Paulo. Uma cobertura. Para morar com a família. Queria acertar a vida com o Palmeiras, digo, jogar mais e melhor. Cumprir seu contrato.

Disse que Valdívia adora morar em São Paulo.

Mas que a mulher dele neste momento não quer mais ficar por aqui. Não quer voltar. E não quer que ele fique. Que ela liga muitas vezes por dia para conversar a convergência da conversa é sempre para que ele volte para o Chile.

Que o que aconteceu com ele, pelas ameaças de morte, ele está completamente traumatizado. Inseguro mesmo.

Mas que sabe que com o tempo ele e mesmo a mulher poderão superar.

Por isso a tendência é que ele fique. E que em dez, quinze dias, sua mulher possa estar por aqui.

Eu digo que: ele pode superar sua mulher também. Somos humanos e São Paulo não é a melhor cidade do mundo, mas também não é a pior e nem é pior que Santiago. Bandido tem em todo lugar deste planeta, completamente inseguro. E que ninguém está livre de sofrer.

Que Valdívia tenha fé e esperança e volte a jogar bola que é o que ele sabe fazer

Tags : Valdívia


Racista? Eu hein?
Comentários 12

Luiz Ceará

Imagine sua filha entrando em casa depois de você concordar em conhecer o namorado dela. Você pediu pra sua esposa prepara um jantarzinho porque o cara faz engenharia no ultimo ano e já está trabalhando. Você está feliz por ela. Namoro firme o cara é decente, estuda, trabalha.

Quando ele entra em sua casa você fica sabendo que ele é negro. E aí?

Existe um abismo neste país que machuca. O racismo. Ele existe neste país e está dentro de nossa casa.

Meu avô paterno era mulato. Luiz Ceará, alto, forte, honesto. Ensinou meu pai que depois me ensinou a ser decente. Minha avó era alemã. Falava arrastado. Dona Rosária Sassi. As cantigas de que me lembro são em alemão.

A mãe da minha mãe era uma espanhola da Catalunha, Dona Josefa Barragan y Barragan. Morena linda e muito chic. Meu avô materno um espanholzinho claro de olhos azuis. Juan Serrano.

Nosso país é mulato, multirracial e multireligioso. Somos brancos, mulatos, negros, sanseis e o escambal a quatro. Somos todos brasileiros.

Quando eu era menino tentei namorar uma descendente de judeus. Eu era muito escuro para ela. Nunca consegui um olhar de carinho com a mãe de uma japinha. Nosso país é mulato e racista.

Como falar dos outros? Como jogar pedra no quintal de quem está tão mais atrasado que nós. Os europeus estão na idade da pedra no quesito racismo. Uma vergonha para a humanidade.

Jogar pedra neles? Não dá, ainda.

Tags : Racismo


Dois shows nesta tarde. Da Espanha e do Milton Leite.
Comentários 38

Luiz Ceará

Pelo menos para este repórter a Eurocopa-2012 está um espetáculo. Dá pra perceber muito bem como será difícil para nós brasileiros encararmos a Copa do Mundo contra essas seleções. São difíceis de vencer, a Holanda, a Inglaterra, a França, ma principalmente a Espanha.

A Irlanda tem a vocação da defesa, homens altos e bons defensores. Tá tomando até agora, 30 minutos, um olé. O torcedor irlandês dá um show, mas dentro de campo quem manda e desmanda é o toma e me dá da Espanha. Futebol vistoso. Foram quatro minutos pra fazer 1 a 0 com Fernando Torres numa roubada de bola da defesa.

A Irlanda até que tenta sair do baile que está tomando, mão não tem poder ofensivo. Não é sua especialidade. Foram mais de 65% de posse de bola da Espanha no primeiro tempo.
E um bombardeio.

Neste intervalo de jogo eu quero falar dos amigos que estão trabalhando na Eurocopa. De dois deles. Milton Leite e Mauricio Noriega, filho de Luiz Noriega.
Os caras são demais, demais. Milton Leite é disparado o mais bem humorado narrador esportivo deste país. Hoje depois de ouvir o âncora agradecer a audiência ele saiu com essa: “Pelo menos minha mãe está assistindo”. É demais. Muito bom ver um jogo na TV com alguém tão criativo,bem humorado e competente. A dupla é empolgante porque Mauricio Noriega é um craque também e entra no clima de Milton Leite. Como não entrar¿

E vamos pro segundo tempo.

E que segundo tempo. Os irlandeses cantando e a Espanha botando a Irlanda na roda. Davi Silva pouco mais de 4 minutos dançou no meio da área da Irlanda e fez um golaço. Um 2 a 0 num inicio de noite chuvosa.

Aos 24, Fernando Torres marcou mais um numa bobeada dos irlandeses. Uma seleção que não deu pontapé. Caiu sem dar chutão e sem agressão. E sem bola pra enfrentar a Espanha.

E pra fechar o caixão, como diria o filósofo Renato Silva, o “Bico Fino”, Fábregas fez mais um, o quarto gol do jogo, a maior goleada da Eurocopa-2012. Uma festa espanhola.

E o Milton Leite deu mais essa no final:”Jogar bola eles não sabem(os irlandeses)mas torcer, isso eles sabem.” Nota 1000.
Foi assim.